Resident Evil 3 Remake, ao contrário da releitura de Resident Evil 2, será um jogo mais focado na ação e já está 90% completo. Essas informações estão presentes em uma entrevista que os produtores da Capcom, Peter Fabiano e Masao Kawada, concederam recentemente à Famitsu. Confira a partir daqui outros detalhes revelados pelos profissionais sobre o desenvolvimento da nova versão de RE3 e como Resident Evil Resistance e RE2 se relacionam com o título.

Lembrando que partes desse conteúdo já tinham sido divulgados pelo REVIL, inclusive sobre o início do jogo não ser em terceira pessoa. É que fãs, que tiveram acesso à versão impressa da revista, divulgaram o conteúdo previamente na internet. Somente agora a Famitsu disponibilizou a íntegra em seu site oficial, por isso optamos por abordar novamente o assunto, com mais profundidade.

Para Masao Kawada, Resident Evil 2 foi um sucesso além do esperado, o que motivou o desenvolvimento de Resident Evil 3 para sucedê-lo. O clássico tem como codinome “Escape [The Last Escape]” e é baseado no medo de ser perseguido e na fuga, com base na beleza e força de Jill Valentine e no temor de Nemesis – algo que deve estar presente na releitura. Ainda sobre o assunto, Kawada cita Resident Evil Resistance, que também é sobre fuga e que ambos os títulos foram desenvolvidos nesse conceito.

RE3 é um jogo offline para um jogador, enquanto Resistance é um jogo online. Os dois foram desenvolvidos ao mesmo tempo e não estão diretamente relacionados, sendo lançados como em uma “compilação”, no qual dois títulos são empacotados juntos. A Famitsu perguntou se haveriam ligações entre os dois e Kawada respondeu que não. Ainda sobre “isolar” os jogos, que não estão vinculados entre si, o produtor diz que os dois vão poder ser apreciados por um longo tempo.

Sobre o visual de Carlos Oliveira, a Famitsu quis saber por que ele mudou consideravelmente em relação ao original e se essa seria uma decisão em prol da modernização do personagem. Masao Kawada conta que Carlos é particularmente simbólico e não apenas por seu visual, mas como um elemento importante para quem jogou o original. A ideia é que o jogador, que já tivesse experimentado RE3 clássico e conhecesse a história, pudesse ter algo novo. É um personagem que se conecta à Jill pela UBCS, e mesmo sendo um mercenário é cheio de humanidade, do tipo que mesmo sendo quem é, poderia se preocupar com amigos ou em ajudar o próximo.Sobre a forma de Nemesis, Kawada enfatiza que o design pode até ser mais moderno, mas isso não remove o conceito do original – ele garante isso mesmo sem poder entregar mais detalhes visuais. Sobre a data de lançamento, 3 de abril de 2020, Kawada diz que Resident Evil 3 está quase completo e que não devem haver atrasos.Ainda envolvendo o lançamento, Peter Fabiano diz que há pequenos ajustes nas fases finais, mas que o desenvolvimento está 90% completo. O produtor ainda fala que os princípios básicos da história de RE3 foram mantidos, mas existem algumas mudanças e que quem conhece o original vai se divertir novamente.

Especificamente sobre Jill, Masao Kawada afirma que ela é uma das personagens mais populares da franquia. Ela tem um elemento forte e o produtor diz ter se preocupado em manter a imagem de seu design, mesmo com a modernização. Além disso, como na releitura de Resident Evil 2, o traje da personagem foi alterado para algo que não parecesse desconfortável para a situação vivida pela moça. Ainda sobre Jill, Peter Fabiano diz que o que os fãs viram no trailer, da visão dela correndo do apartamento em primeira pessoa, foi com o propósito de divulgação e que é possível que o mesmo trecho esteja disponível no título, mas de outra forma – sugerindo outra visão de câmera (3ª pessoa).

Sobre a nova versão de Brad Vickers, Peter brinca com a Famitsu evidenciando a presença de sangue no jogo e que ele é um cara que costuma deixar os seus amigos e escapar de helicóptero – durante o incidente na mansão em 24 de julho de 1998, Brad fugiu do local quando Joseph Frost foi atacado na floresta pelos famosos Cerberus. Já Masao Kawada diz que, ao contrário de Carlos que herdou parte relativa do personagem original, Brad terá uma mudança maior e que agora ele precisa trabalhar junto com os sobreviventes S.T.A.R.S..Apesar de Kawada ainda não pode revelar muitos detalhes sobre Resident Evil 3, ele afirma que o jogo é mais levado para a ação. Sobre a conexão entre Resident Evil 2 e RE3, a Famitsu cita o fato de alguns elementos de RE3 estarem presentes na releitura de RE2. Peter Fabiano responde a pergunta evidenciando que RE2 é pelo “medo dos zumbis” e que RE3 é mais ação, mas que também carrega elementos característicos da franquia.

Resident Evil Resistance

A Famitsu dedicou uma página de sua entrevista com os produtores para abordar Resident Evil Resistance. Masao Kawada diz ter participado secretamente dos testes fechados e que, no começo, acreditava que seria melhor estar no controle e mandar inimigos aos sobreviventes – mas, como tempo, os jogadores encontravam maneiras de escapar e sobreviver mesmo assim. Sendo assim, Kawada fala que a beta serviu para mostrar como ter um melhor equilíbrio no jogo.Ele cita Becca Woolett, que é muito boa em armas de fogo e tem munição e tiros ilimitados em alguns momentos. Sobre esse ponto, Kawada fala que quanto mais poderosas as habilidades, maior o tempo de carregamento, então há equilíbrio nisso também. Martin Sandwich é outro novato que pode não parecer muito útil, mas ele tem capacidade de evitar armadilhas, mas que não estava na versão beta.

Resistance não é algo oficialmente envolvido na história da franquia Resident Evil, mas pode pode ser usado para diversão e para os fãs se questionarem “será que tem alguma conexão?” – como por exemplo a presença de Annette Birkin, de RE2. Especificamente sobre sobre ela, Kawada afirma que ela terá jogadas mais orientadas com criaturas. Ao entrar no assunto, Peter Fabiano reforça que os fãs terão que escolher mentores adequados às suas estratégias de jogo.

Resident Evil 3 será lançado no dia 3 de abril para PlayStation 4/4 Pro, Xbox One/One X e PC (Steam).

%d blogueiros gostam disto: