Resident Evil 8 Village Chris Redfield

Resident Evil Village terá dublagem em português e versões para PS4 e Xbox One

Um vazamento que teve origem em um furto criminoso de informações privadas da Capcom expôs informações estratégicas sobre o lançamento de Resident Evil Village. Alguns dados sensíveis envolvem o marketing do jogo e os direcionamentos para tornar a oitava entrada da franquia um sucesso. Entre uma série de conteúdos confidenciais, a companhia revela internamente que Village terá dublagem em português do Brasil e outros dois idiomas não anunciados: russo e chinês. Em um documento, o título também aparece previsto para PlayStation 4 e Xbox Oneessa tentativa de desenvolvimento foi anunciada na Tokyo Game Show.

A equipe REVIL já tinha recebido informações de pelo menos duas fontes diferentes de que o sonho de ter Resident Evil dublado em português era real. Havia, inclusive, a citação de que testes já estariam acontecendo no Brasil com o título de “Resident Evil 8“, e não Village. Nós guardamos esse segredo por entender que a Capcom estivesse adotando uma maneira mais agradável para anunciar a novidade para o público – novidade essa que pode também ganhar contornos prejudiciais e o trabalho não mais acontecer.

Também de forma estratégica, o REVIL manteve e incentivou o uso de uma hashtag que surgiu nas redes sociais, #CapcomDublaRE8, e sua parceria com dubladores. Independente do vazamento prematuro, recomendamos que a comunidade continue a fortalecer esse desejo, ao menos até que a companhia decida se pronunciar oficialmente sobre essa questão.

Voltando aos detalhes internos, que vem sendo compartilhados em diversos fóruns, inclusive no Resetera (link removido), temos ainda:

  • Resident Evil Village terá uma edição comum (disco / digital), assim como uma Digital Deluxe (com direito a um Extra DLC Pack – Preço: 79.99 dólares, cerca de R$ 435), Collector’s Edition (com uma caixa especial e um boneco de Chris Redfield – Preço: 299.99 dólares, cerca de R$ 1.635) e uma exclusiva E-Capcom (com um boneco de Chris e itens selecionados). As pré-vendas começariam em janeiro de 2021 e o jogo teria lançamento previsto para abril do mesmo ano.
  • Ao que tudo indica, Village também terá um modo online com o codinome DOMINION – ou Project Highway, uma espécie de Battle Royale (via Resetera). As vendas são estimadas em 10 milhões ao longo de seu tempo de vida.
  • Alguns itens especiais de Resident Evil Village estão previstos para sair na E-Capcom, a loja virtual da companhia. Os preços variam de 19,789 ienes (cerca de R$ 1.033) a incríveis 189,200 ienes (cerca de R$ 9.879).
  • O “Extra DLC Pack“, que faria parte da Digital Deluxe, também seria vendido separadamente como um plano de benefícios para quem tivesse jogado Resident Evil 7, que também traz Ethan Winters, protagonista de Village. O conteúdo está previsto por 25 dólares (cerca de R$ 135) e traria uma arma “Albert-01”, Save Points de RE7, a trilha “Go Tell Aunt Rhody” em uma sala de save, um acessório handgun, nível Very Hard (Muito Difícil) desbloqueado no começo, trilha de Resident Evil 7 Gold Edition e artes de Village e da “Tragédia de Ethan”.
  • Usuários que fizerem a pré-compra poderiam se beneficiar de um acessório para shotgun “Mr. Raccoon“. No PlayStation 4 e PlayStation 5 também teriam acesso a temas de pré-venda (com livro de arte digital). Na Steam, um wallpaper seria o diferencial.

UFA, que tiro foi esse! É basicamente um furacão de informações que já tomou conta das redes sociais. O REVIL entrou em contato com representantes da Capcom no Brasil formalmente sobre a questão da dublagem e aguarda retorno.

Quer conversar com outros fãs sobre esses vazamentos? Acesse o fórum REVIL ou bata um papo no nosso Discord.

[ATUALIZAÇÃO] Em retorno aos questionamentos do REVIL, a Capcom diz não comentar vazamentos e que as últimas informações sobre o crime estão disponíveis neste link. A companhia ainda pede que imagens associadas ao vazamento não sejam publicadas.

O REVIL vai seguir a orientação a partir deste momento. As imagens contidas nesta notícia, antes da atualização, foram mantidas por decisão editorial e não são hospedadas pelo REVIL.

A equipe REVIL reforça ainda que o vazamento prematuro da dublagem em português pode inclusive representar um risco para o trabalho de localização, com vozes locais para Resident Evil Village. É a comunidade quem deve manter as discussões sobre essa possibilidade vivas até que a Capcom decida falar publicamente sobre o assunto.

[ATUALIZAÇÃO 2] O REVIL decidiu atender ao pedido e removeu três imagens, por solicitação da Capcom. Também removemos um link que levava ao fórum Resetera.

%d blogueiros gostam disto: