No dia 11 de Junho de 2020, os pombinhos apaixonados pela franquia receberam um grande presente para o Dia dos Namorados – o anúncio grandioso de Resident Evil Village no evento de apresentação do novo PlayStation 5. Claro que para a comunidade, a cereja do bolo foi esse trailer cheio de tensão e informações do tão aguardado título numerado da franquia.

A equipe REVIL se juntou para detalhar cada frame e vamos explicar cada um deles, com possíveis ligações e fatos com jogos anteriores.

Nota: as imagens aqui usadas foram retiradas diretamente do trailer de anúncio, ou seja, muitas delas estarão super escuras. Por isso, orientamos a você, leitor(a), que abra a imagem por completo para melhor visualização. 

Já no começo temos a seguinte frase: ‘A história dele chega a um fim’. Teremos aí o final da história de Ethan Winters na franquia ou do próprio Chris Redfield?Resident Evil 8 VillageLogo depois, ouvimos o que parece ser a voz de Mia Winters contando para Ethan e um bebê uma história urbana do local de onde estão morando. Ela gosta do conto e não entende o motivo de Ethan ficar tão irritado com isso. Mia rebate dizendo para que ele largue de paranoia.

Essa paranoia pode estar relacionada ao trauma de ambos, ainda recente, dos eventos de Resident Evil 7, em que Ethan e Mia se infectaram com o Mofo provindo de Eveline, e possivelmente podem ainda estar com a infecção mesmo após anos, e com medo de terem passado para o bebê.Resident Evil 8 Village Mia WintersA seguir, nós vemos Ethan tentando entrar em uma cabana, mas é hostilizado por um senhor, aparentando ser morador do local, que atira com uma Shotgun. Ethan recua e diz ser amigo, porém escuta do senhor que “eles estão vindo”. No cenário dessa parte, vemos algo se mexer fora da cabana e passando pela janela rapidamente.

Seria os novos inimigos do jogo, os lobisomens, que podem se assemelhar ao que já vimos dos Hunters na franquia, com movimentos parecidos, como o pular de um lado para o outro e agarrar.

O senhor também, antes, pergunta “quem te enviou?” para Ethan. Será que o morador estava aguardando ajuda ou resgate?

Algo reparado também é o tiro dado pelo senhor quando Ethan aparece na porta. Como esse tiro acertou Ethan sem acontecer nada? Acreditamos ser obra da regeneração de tecidos, efeito da infecção com o Mofo.

Após toda essa cena agitada, vários locais são mostrados no trailer, remetendo aos novos cenários obscuros que teremos em Resident Evil Village.

Primeiro, temos uma floresta com neve com uma fuga desesperada de Ethan, depois um símbolo com quatro penas e um feto no meio, que já foi falado pelos produtores que existe um segredo – mas falaremos disso mais pra frente, nesse artigo. Esse símbolo pode estar ligado a possível prática de ocultismo do local, já que está desenhado em vários lugares da vila e também aparece em toda a extensão do trailer.

Todo o cenário mostrado nesses segundos remetem à vila principal do jogo, onde a maioria dos eventos do novo Resident Evil irá se passar. Essa vila aparenta estar parada no tempo, parecendo receber ordens de um líder religioso, devido aos vários símbolos do que parece ser práticas de ocultismo.

Em uma dessas cenas rápidas, vemos uma grande porta que leva ao castelo, que parece precisar de algumas peças para abrir. O desenho mostra um demônio devorando um bebê e sua mãe ao lado. Isso reforça a existência de uma seita no local e que, também, os puzzles podem voltar na franquia.

Seguindo o trailer, um pouco após a metade dele, vemos que se destaca muito uma mulher de cabelo grande e amarrado, vestimentas antigas remetendo a época parada da vila, parecendo estar ajudando os moradores do local. Essa poderá ser a terceira protagonista do jogo, ainda sem nome. Segundo rumores, ela provavelmente também é moradora da vila e será de grande ajuda para Ethan entender o que está acontecendo e auxiliá-lo escapar dos perigos.

Ela sempre aparece ao lado de um senhor, que pode ser da família e que também está ajudando a todos da vila, mas ele aparenta estar doente, pois em algumas cenas rápidas, ele aparece se contorcendo com dores. Será que ele pode estar infectado pelo que estiver a solta na vila?

Aparece, também, após essa cena, uma mulher toda vestida de preto num corredor, que volta a dar as caras nos segundos seguintes. Pode ser a mãe dessa terceira protagonista tentando escapar, junto com a filha.

Outro bebê que aparece no trailer pode ser o possível filho (a) da terceira protagonista, que ajudará Ethan em sua presença forçada no local. O bebê pode ser a peça chave para acabar com a possível infestação de criaturas no local.

Isso também pode ser o que está escondido na key art comentada pelos desenvolvedores do jogo, pois nessa imagem vemos um feto/múmia dentro de um ninho decorado com penas negras.

Este ninho remete ao bebê também. Pode significar uma ‘criança especial’. Em Resident Evil 7, a cura para o Mofo, conhecida como E-Necrotoxina, é retirada a partir de amostras de tecido dos corpos de um protótipo Série D e E, ou seja, fetos que não sobreviveram a infecção com o Mofo, criando assim uma cura através de um soro/toxina. Essa criança pode ser a única espécie viva a carregar o Mofo em seu corpo sem prejudicá-la ou matá-la, igual Eveline.

Outros indícios, também, de que esse bebê é muito importante no enredo são outras franquias usarem uma criança como peça chave para salvar a humanidade. Exemplo disso é o livro/musical Harry Potter e A Criança Amaldiçoada, que conta mais sobre a história de Harry Potter. Notem a semelhança da capa do livro com o símbolo usado para representar a seita em Resident Evil Village.

Entre essas cenas com os moradores da vila, cenários e o destaque para o bebê, vem a primeira surpresa: uma insígnia com cinco símbolos. A que está no meio possui o símbolo da Umbrella Corporation!

Será que a empresa farmacêutica está envolvida de alguma forma com os lobisomens soltos nessa vila? Ela já tinha conhecimento do que acontecia na vila? A empresa estava estabelecida a tempos na vila, como em Raccoon City? Os fundadores da Umbrella estavam representados na vila mesmo antes da fundação da Umbrella mundialmente?

Isso pode ser explicado com os cinco símbolos na insígnia, pois a do topo se assemelha ao brasão oficial da família Spencer. Os outros símbolos seriam das famílias dos outros fundadores?Resident Evil 8 Village Umbrella CorporationNas cenas seguintes, nós podemos ver uma senhora com vestimentas de bruxa, e, logo após essas cenas, quatro mulheres, mas uma totalmente vestida de branco se destaca. Essa de branco pode ser a vilã principal de Resident Evil Village, a possível líder da seita instalada na vila e a qual todos seguem suas ordens, se assemelhando ao Bitores Mendez, de Resident Evil 4.

Acreditamos que essa mulher pode mudar de aparência: sua forma original pode ser a velha que vimos primeiro que, para se regenerar, bebe o sangue de suas vítimas para se tornar mais jovem, remetendo muito aos contos de vampiros. As outras três mulheres juntas seguem a que parece seguir a líder, usando o que podem ser habilidades únicas como controle de vespas, igual a Marguerite Baker de Resident Evil 7.

Vimos também um gancho do lustre na cena com as quatro mulheres, cheio de sangue, possivelmente de uma vítima recente para a obtenção de sangue.

Depois, vemos um lobisomem atacando Ethan e mais alguns desses inimigos em volta dele, seguido por um ser não identificado pulando próximo a Ethan com um grande machado em sua mão.

Seria o novo inimigo estilo o Executioner reaparecendo após sua participação nada agradável em Resident Evil 5, sendo mais um Boss a dar dor cabeça no jogador?

A aparição de um homem com chapéu e óculos, barbudo e com cicatrizes, parecendo ser morador da vila, mas com um tom mais amedrontador, é o que chama a atenção nesse trailer.

O usuário Dusk Golem, conhecido pela comunidade por soltar grandes rumores e acertando quase todos, disse que esse homem pode ser Daniel Fabron, um dos empregados da Umbrella a mando da Alex Wesker para fazer experimentos nos Sobreviventes. Mesmo Resident Evil Resistance não sendo canônico para a história da franquia, Daniel se encaixaria muito bem no enredo do jogo, pois com as risadas mostradas por ele no trailer, dá-se a entender que esse homem sabe o porquê está acontecendo todo esse caos na vila.

Dusk especula, mais uma vez, que Daniel Fabron estaria recebendo ordens de Alex/Natalia Wesker para soltar tais lobisomens nessa vila por motivos ainda desconhecidos.

Uma das cenas que aparece a seguir é com vários homens de preto em uma casa normal. Eles parecem ser a Blue Umbrella intervindo e/ou invadindo a casa de Ethan por algum motivo ainda não explicado. Na porta, pode-se ver uma primeira cena com Chris Redfield virado de costas. Questionamos também o porquê a Blue Umbrella não estaria usando seus uniformes para se identificar, como no final de Resident Evil 7, mostrando que a ação na casa de Ethan pode ser algo não oficial.

O ponto chave e principal de todo o trailer está nos 20 segundos finais. Nós vemos a aparição nítida pela primeira vez de Chris Redfield. A cena seguinte seria do ‘herói’ atirando no que parece ser a Mia, e sendo questionado por Ethan devido tal ação, deixando Ethan transtornado.

Isso pode ter sido necessário pelo fato do soldado saber que Ethan e Mia ainda estão infectados pelo Mofo, o que pode se tornar um grande problema caso o casal tenha um bebê, o que possivelmente pode ter acontecido. O bebê pode ter sido classificado por Chris como um possível B.O.W. que iria se assemelhar a Eveline e eliminou o perigo imediatamente. Isso explicaria o desespero de Ethan nos segundos finais do trailer antes da frase final.

Dentro da Vila: Mensagem dos Desenvolvedores

Logo após o final do evento de anúncio do Playstation 5, no canal oficial da empresa, os desenvolvedores do novo Resident Evil enviaram uma mensagem especial com um pouco mais de detalhes do desenvolvimento de Resident Evil Village.

 

Tsuyoshi Kanda e Peter Fabiano são os responsáveis por dar vida a Resident Evil Village, e já começam o vídeo dizendo que esse se trata sim de uma continuação direta do Resident Evil 7. O logo conta com outra ‘brincadeira’ feita pelos desenvolvedores e, mesmo com o nome Resident Evil Village, o número 8 está presente no título, como número romano e misturado ao seu título principal. Ou seja, esse é sim Resident Evil 8!

Com todas as novas possibilidades trazidas pelo PlayStation 5, principalmente o potencial da nova SSD presente no console, os desenvolvedores puderam usar muito mais do que a RE Engine foi capaz de fazer em Resident Evil 7, Resident Evil 2, Resident Evil 3 e Devil May Cry 5.

Um desses feitos será a inexistência da tela de loading no jogo, o sentir na pele o verdadeiro survivor horror com gráficos super-realistas e som ambiente mais imersivo.Resident Evil 8 VillageEles também contam um pouco mais do enredo de Resident Evil Village. O jogo se passará anos após os eventos de Resident Evil 7, continuando a história de Ethan e Mia Winters, voltando a ter uma vida normal, mas como se trata de Resident Evil, Ethan não poderia ficar sem um novo desafio.

E claro, teremos a volta de Chris Redfield como possível personagem principal, porém muito diferente do que estamos acostumados a ver.

Ele retorna numa atmosfera mais sombria e robusta do que vimos nos jogos anteriores. Chris será o principal motivo que a vida de Ethan está de ponta-cabeça, e que ele não é mais considerado um herói.

Nesse ponto, a equipe REVIL pontuou mais uma ligação e possível explicação para essa nova ‘era Chris’: Em Resident Evil 7, tivemos a DLC ‘Not a hero’ (Herói que nada), mostrando um pouco da missão de Chris Redfield em Louisiana, onde os jogadores foram surpreendidos por um Chris muito diferente na aparência e trabalhando em conjunto com o que seria a Blue Umbrella.

Internamente, vale lembrar que essa DLC teve problemas no desenvolvimento e tiveram que adiar o lançamento, com a explicação de que o resultado final não estava de bom grado da equipe e precisariam refazer. O resultado final do conteúdo da DLC, disponibilizado ao público, não faz jus ao nome ‘Herói que nada’ dentro do enredo apresentado nela e em Resident Evil 7, porém ela se encaixa perfeitamente agora, no roteiro de Resident Evil Village.Resident Evil 8 Village Chris RedfieldQuanto aos cenários e gameplay, os desenvolvedores disseram que a vila terá um papel importante como plano de fundo para seus personagens, tanto os principais, como os inimigos e antagonistas. Já na gameplay que foi mostrada, já rodando no PlayStation 5, podemos ver os detalhes mesmo de longe ou muito mais de perto, trazendo os jogadores na pele de Ethan, com a mesma intensidade de tensão e terror.Resident Evil 8 VillageO gostinho de ‘quero mais’ fica ainda mais intenso para os fãs quando os desenvolvedores mostram, em primeira mão, o inventário novo de Resident Evil Village. Ele se assemelha ao visto em Resident Evil 2 e Resident Evil 3, porém podemos conferir, também, uma pequena semelhança às maletas de inventário usadas em Resident Evil 4.Resident Evil 8 Village InventoryMas calma que tem muito mais nesse inventário para analisarmos: podemos ver um detalhe que pode mostrar onde todo esse cenário se passará. O canto superior direito do inventário do jogo mostra a moeda que será usada para, possivelmente, comprar itens no jogo. Essa moeda se chama Lei.

A moeda Lei é a principal unidade monetária da Romênia, país do Sudeste Europeu, e é nessa lógica que entramos em mais um ponto importante para o enredo de Resident Evil Village.

Romênia: O novo lar de Resident Evil

Resident Evil 8 VillageMuitos fãs acharam estranho esse novo Resident Evil ter como aspecto principal as criaturas como lobisomens e uma vila parada em seu tempo, mas isso é facilmente explicado com todas as lendas urbanas do país em questão.

Romênia é um país muito conhecido por ser preso em um eterno ‘conto de fadas’, ou para os mais medrosos, por ser o local com as criaturas folclóricas mais assustadoras que, para eles, existem até hoje!

Os fãs dos terríveis contos de Conde Drácula, já entenderam bastante sobre o que foi mostrado no trailer, por exemplo. Nessa região da Romênia, temos a Transilvânia, eterno lar do vampiro mais famoso do mundo!

Além do Conde Drácula, temos também várias lendas urbanas e folclóricas que casam perfeitamente ao ambiente do novo Resident Evil Village:

  • A lenda da existência dos Strigoi fala sobre terríveis seres sobrenaturais que são almas perdidas devido às suas vidas turbulentas antes da morte. Se assemelhando aos vampiros, eles sugam energias vitais de suas vítimas para se alimentarem;
  • O ‘Demônio da Terça-Feira’ é uma lenda que fala sobre uma criatura demoníaca que pode mudar de forma e assumir a identidade de quem desejar. Terça-feira é um dia sagrado no folclore romeno. As mulheres são proibidas de fiarem lã, fazer pão, semear ou ferver algo. Caso façam isso com a presença da criatura no dia, a mulher terá que enfrentar a morte, mutilação, a traição dos maridos e ainda mais, maldições que podem acompanhar toda a vida.
  • A floresta de ‘Hoia-Baciu’ é conhecida por ser assombrada, já que casos de diversos acontecimentos do além, aparições de fantasmas e aliens são contados sobre o local. Sendo uma floresta densa e totalmente fechada, muitos visitantes já afirmaram sentir um grande desconforto ao passear no local, tendo náuseas e até sair do local com erupções na pele.
  • Os vampiros, como dito antes, são as lendas mais famosas do local, que teve inspiração do autor Bram Stoker para escrever a lenda do vampiro Drácula. Acredita-se que a Romênia é o país de origem dos vampiros, que se refugiavam em vários dos castelos espalhados pela Transilvânia. Um desses castelos é o Bran Castle, moradia de Conde Drácula. Essa região seria o palco do nascimento do Príncipe/Conde Vlad Vlll, em 1431, que ficou conhecido por seu sadismo, cometendo diversas atrocidades com seus inimigos, já que era herdeiro direto da região de Valáquia. Muito da lenda é associada, também, a uma doença rara, mas que também teve seus maiores números de infectados nessa região da Transilvânia. Trata-se da doença Porfiria, que causa distúrbios que se manifestam através de problemas de pele ou complicações neurológicas que causam a possível ‘sede de sangue’ dos enfermos. Herdada através de antecessores, essa doença é conhecida como ‘doença rara dos vampiros’.
  • Terminamos, claro, com a lenda do lobisomem romeno, palco principal para o cenário de Resident Evil Village. Antigos guerreiros romenos foram transformados em lobos através de magia, para torná-los mais ágeis em batalha. Acredita-se, até hoje, que existam descendentes vivos desses lobos. Essa lenda tem um pé na lenda sobre lobisomens da Grécia antiga, mais conhecidos como licantropos, ou seja, homem capaz de se transformar em animal, mas a maioria dos pesquisadores de folclores acredita que foi através da lenda romena que esse conto sobre os lobisomens se espalhou pela Europa.

Vale lembrar que lobisomens são diferentes em quase todos os países que contam essa lenda urbana. No Brasil, por exemplo, acredita-se mais que o lobisomem é o primeiro filho de um casal que teve sete filhas. Na região Norte do país, os lobisomens são homens anêmicos, que se transformam na criatura para obter sangue de suas vítimas e recarregarem suas vitaminas essenciais. Já no Sul do Brasil, acredita-se que o lobisomem é resultado de uma relação afetiva considerada impura.

A Ansiedade para o Lançamento

Após todo esse estudo detalhado do trailer de Resident Evil Village, a ansiedade por mais detalhes vem à tona.

Em modo geral, podemos ver claramente que os desenvolvedores voltaram a um aspecto bem Resident Evil 4, quando a franquia se refez em sua época em um projeto que deu totalmente certo. Através dos primeiros rabiscos saiu mais uma grande franquia para a CAPCOM e, também, seus primeiros rabiscos foram os cenários sobrenaturais que estamos vendo agora.

A ambientação bem obscura, também estilo Resident Evil 4, com detalhes de vilas antigas europeias e até castelos para complementar o cenário. Em cenas com florestas e cabanas, os cenários se tornam claustrofóbicos, remetendo ao seu antecessor com a fórmula que deu certo.

Detalhes como os vistos no trailer, como sangue no lustre e desenhos pelas paredes parecem ser de grande importância para a progressão do jogador, exigindo bastante atenção nesses detalhes.

Por ser uma continuação direta de Resident Evil 7, o jogador ainda terá a perspectiva em primeira pessoa, se tornando o personagem principal, Ethan. Isso ainda promete trazer muitos sustos, medos e tensão ao longo da jogatina.

Isso pode ser uma preparação com a RE Engine para o possível remake de Resident Evil 4? Comentem sobre!

Resident Evil Village será lançado em 2021 para Playstation 5, Xbox Series X e PC via Steam.


Debates: Paloma Cristini, Cláudio Corrêa, Ricardo Alves, Jonathan Loth e Steven L. Andrade

Montagem e Estrutura: Paloma Cristini

Revisão: Marcelo Rovai

Imagens: Cláudio Corrêa


Confira também a versão em vídeo deste artigo:

%d blogueiros gostam disto: